terça-feira, 25 de março de 2014

Projeto ousado e sustentável

Conheça a casa de alto padrão feita de contêineres em um condomínio de Curitiba

Casa de 240m² feita de contêineres no condomínio Brazville - Curitiba
O que antes era usado apenas na indústria da navegação agora está fazendo sucesso entre as classes A e B. Os contêineres, feitos de aço corten, estão sendo utilizados para a construção de casas em condomínio de alto padrão. Essa técnica construtiva ainda é novidade no Brasil. Conforme explica o arquiteto e urbanista, Danilo Corbas, de São Paulo, faz aproximadamente quatro anos que os projetos residenciais, feitos por arquitetos, começaram a surgir.

Entre as vantagens na utilização de contêineres para projetos residenciais ou comerciais, estão as reduções de custos e de desperdício de material, a rapidez na entrega, a agilidade na montagem, a mobilidade e a sustentabilidade. Segundo Corbas, essa técnica construtiva vem conquistando o mercado: “Não se trata de uma solução final para os problemas de sustentabilidade, mas representa mais um avanço nesse campo. Cada vez mais, há pessoas interessadas em usar esse tipo de construção. Normalmente, são clientes que procuram um novo conceito de morar, que aceitam novidades e não estão presos aos padrões mais conservadores”.
As paredes e o teto podem ser revestidos com drywall ou placas de madeiras
O sistema hidráulico e elétrico é igual ao de uma obra comum, embutidos na parede
Corbas já contabiliza sete projetos residenciais concluídos utilizando contêineres e dez que ainda não foram executados, além dos projetos comerciais e de eventos, como mostras de design e arquitetura. O projeto da casa, localizada no condomínio Brazville, no bairro Orleans, é mais um assinado por Danilo Corbas. 

A proprietária, Katia Gabardo, conta que a rapidez da obra superou suas expectativas, poupando incômodos, estresse e dinheiro: “Desde o princípio, já imaginava que seria algo diferente, mas a rapidez da obra com redução de custos foi o que mais nos surpreendeu, sem contar toda a parte de decoração que deixou a casa super aconchegante, clean e moderna”.

Para esse projeto, foram utilizados seis contêineres que resultaram em uma casa de 240 m² de área privativa, divididos em dois andares. A obra levou cinco meses para ser concluída, com um custo 30% menor se comparado à construção de alvenaria. A proprietária conta que em um dia o terreno estava vazio e no outro já havia toda a parte estrutural montada. 
Foram utilizados seis contêineres para construir a casa de 240 m² de área privativa
O que demandou mais tempo foram os projetos complementares como revestimento de paredes, contrapiso e piso, projeto elétrico, hidráulico, luminotécnico e de marcenaria, além da escolha de acabamentos, comenta a arquiteta e design de interiores Priscila Ferstemberg, que deu continuidade no projeto até a finalização e entrega da casa. 


A arquiteta lembra que decorar uma casa feita de contêineres requer algumas técnicas específicas que já vêm executadas junto com o projeto arquitetônico. “Priorizo sempre o conforto térmico e acústico dentro da casa, aliado à praticidade, à funcionalidade e ao bom gosto. O projeto já é pensado com muitas aberturas, ventilação cruzada e iluminação natural, além de revestimentos com placas  termoacústicas, sistema de drywall e tecidos quentes. Procuro misturar o clássico com o contemporâneo, ambos se complementam e tornam os espaços extremamente agradáveis, funcionais e práticos”, explica Priscila.
Varanda 
Garagem

Contêineres

Os contêineres utilizados no transporte marítimo têm vida útil de cerca de dez anos. Após esse período são substituídos por equipamentos novos, pois deixam de ficar esteticamente atraentes, principalmente para clientes do mercado internacional. Mas no que diz respeito aos aspectos estruturais e funcionais, estão em perfeito estado e podem ser utilizados na construção civil, chegando a durar 90 anos.

Segundo o gerente técnico e de projetos da Delta Contêineres, Pablo Castilho, as cidades de Curitiba e São Paulo demonstram maior interesse em utilizar essa técnica construtiva. A Delta Containers é uma empresa curitibana, que fornece os contêineres para construção de residências, escritórios comerciais, plantão de vendas, pet shop, academia, self storage, entre outros projetos.
Pátio da empresa Delta Containers
O valor de cada contêiner varia de acordo com o projeto que o cliente deseja. Vai depender da quantidade de cortes necessários, medidas de portas e janelas e revestimentos utilizados, conta Castilho.

Os tamanhos e formatos de contêineres variam, mas geralmente são utilizados em projetos especiais o Dry de 20 e 40 pés, principalmente por ter o pé direito mais alto. O de 20 pés equivale a 6 metros de comprimento por 2,45 metros de largura por 2,60 metros de altura. Já o de 40 pés (High Cube) tem 12 metros de comprimento por 2,45 metros de largura por 2,90 metros de altura.
Contêineres com os cortes de portas e janelas 
Para a seleção dos contêineres, levam-se em consideração, primeiramente, as condições estruturais, se estão íntegros e dentro das medidas ISSO. Posteriormente, verifica-se se o contêiner não transportou produtos químicos ou cargas corrosivas. Em seguida, é realizada uma limpeza para remoção de graxas e óleos e faz-se um tratamento abrasivo para receber a pintura. 

A fundação para abrigar uma casa de contêiner depende do terreno e da preferência do cliente. Entretanto, é importante frisar que o contêiner não necessita de uma base única e sim de quatro pontos estruturais nas extremidades, chamadas sapatas. Já as instalações elétricas e hidráulicas ficam embutidas com acabamento que podem ser em drywall, MDF ou outro material.

Mais informações sobre essa técnica construtiva podem ser obtidas no site da Delta Containers ou com os arquitetos:
Danilo Corbas (11) 2858-4888 - email: danilocorbas@hotmail.com
Priscila Ferstemberg (41) 3029-9560 – email: pferstemberg@hotmail.com.

Depois dessas dicas, convido você para conhecer as opções de imóveis de alto padrão que a J8 Imóveis tem para lhe oferecer.

Nenhum comentário:

Postar um comentário