segunda-feira, 8 de junho de 2009

MANIFESTAÇÃO EM DEFESA DA MANUTENÇÃO DO DIPLOMA DE JORNALISTA

.
Decisão do STF pode acabar com a obrigatoriedade da formação superior específica para exercício do Jornalismo e causar retrocesso na profissionalização da mídia.
.
capa reeditada única e exclusivamente para enfatizar a Manifestação pelo Diploma
.
Jornalistas e estudantes se reúnem nesta quarta-feira, dia 10 de junho, na Boca Maldita, no centro de Curitiba, para uma manifestação em defesa do Diploma. Dia em que o Supremo Tribunal Federal (STF) por meio do Recurso Extraordinário 511961 – pretende pôr fim à exigência do diploma, peça central da regulamentação da profissão de jornalista, ensejando a bizarra situação pela qual o exercício da profissão seria permitido mesmo a pessoas com escassa formação educacional.
.
Desde a edição das normas que regulamentam a profissão e instituíram a exigência do diploma – decretos-leis 972/69 e 83.284/79 -, a categoria dos jornalistas conseguiu avanços consideráveis na profissionalização da mídia e na adoção por ela de padrões éticos mais compatíveis com a relevância social da imprensa. Contudo, a pretexto de supostamente salvaguardar a liberdade de expressão – que não é comprometida pela regulamentação profissional –, a Justiça pode promover um retrocesso enorme à imprensa e à sociedade em geral.

A se confirmar a desregulamentação, a mídia do país deve mergulhar numa espiral de amadorismo e precarização tanto do nível da informação oferecida pela imprensa quanto das relações de trabalho nas empresas de comunicação. Uma decisão do STF no sentido pretendido pelo Ministério Público Federal iria contra uma tendência desenvolvida em 70 anos da regulamentação da profissão e mais de 40 anos de criação dos cursos de Jornalismo e contribuiria para a volta às piores práticas de conluio e promiscuidade entre a imprensa e os poderes econômico e político.
.
E-mai encaminhado pelo Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Paraná:
"Sindijor faz manifestação pelo diploma na quarta-feira.
Na quarta-feira, dia em que o Supremo Tribunal Federal deve julgar o recurso extraordinário na ação que pede o fim da obrigatoriedade do diploma, o Sindijor, em coordenação com a Fenaj e demais sindicatos do país, realiza uma manifestação na Boca Maldita, em Curitiba, defendendo a manutenção da formação superior específica para o exercício da profissão. O ato começa às 13h, pouco antes do início da sessão em Brasília que deve definir os destinos da nossa profissão. Todos os que acreditam no valor da informação de qualidade estão convidados."
.
* Dados retirados dos sites da FENAJ e SINDIJOR.
______________________________________
Sindicato dos Jornalistas Profissionais do PR
Rua José Loureiro, 211 - Centro
80010-140 - Curitiba - PR - Brasil
Jornalista responsável:
Adir Nasser Junior (3819/15/29v)
Site: http://www.sindijorpr.org.br
Blog: http://sindijorpr.blogspot.com
E-mail: extrapauta@sindijorpr.org.br
Fone: (41) 3224-9296
.

Nenhum comentário:

Postar um comentário